Melasma: Tudo o que você deve saber sobre a doença de pele

Melasma é uma condição da pele caracterizada por manchas marrons ou cinza-azuladas semelhantes a sardas. Costumam a aparecer na gravidez?

A descoloração irregular da pele marrom, bronzeada ou cinza-azulada do melasma não ocorre apenas em mulheres grávidas. Felizmente, uma variedade de tratamentos pode minimizar essa condição muitas vezes embaraçosa.

Cerca de 89% das pessoas com melasma são mulheres entre 21 e 49 anos. Essas manchas na pele aparecem em nariz, bochechas ou na linha da mandíbula.

Relação: Gravidez x Melasma

De fato, melasma é mais comuns durante os meses de gravidez movido a hormônios. Assim diz grande parte dos médicos assistentes com vasta experiência em dermatologia médica e cosmética para todas as idades.

Não se pode ignorar o fato de que a exposição ao sol e a genética também contribuem para o melasma. O Ministério da Saúde do Brasil estima que melasma afeta cerca de 15 milhões de mulheres brasileiras.

Melasma é perigoso para a saúde?

Diagnosticar o melasma não é complicado, com um profissional de saúde muitas vezes capaz de identificar a presença apenas olhando para a pele afetada.

A grande maioria das manchas é inofensiva, embora seja desanimadora por um lado estético.

Pode ser encorajador saber que o melasma às vezes desaparece por conta própria, com o tempo e a paciência. Esperar pode ser uma boa abordagem quando o fator desencadeante da doença é identificado e vai terminar em breve, como:

  • Gravidez;
  • Anticoncepcionais orais;
  • Tempo excessivo ao sol no verão.

Quais os melhores tratamentos para melasma?

Se você deseja seguir um caminho de tratamento mais agressivo, existem opções disponíveis em casa e no consultório. Contudo, os resultados não são instantâneos em geral.

Por exemplo, a hidroquinona é um medicamento disponível em creme, loção, gel ou líquido e ilumina a pele. Versões de venda livre podem ser encontradas, mas seu médico prescreve concentrações mais fortes se julgar necessário.

A tretinoína pode ser adicionada à hidroquinona, para aumentar os efeitos de clareamento da pele. Alguns produtos são chamados de cremes duplos porque incluem os dois ingredientes.

O ácido azelaico ou o ácido kójico estimulam a renovação celular para livrar a pele de marcas desagradáveis, promovendo o desenvolvimento de novas células cutâneas saudáveis.

O peeling químico desprende das camadas superiores da pele, onde ocorre o melasma.

Como prevenir o melasma?

O melasma não desaparece para sempre quando as manchas na pele ficam mais claras. A condição pode retornar rápido, exigindo vigilância e persistência para manter sob controle.

A prevenção é a palavra de ordem. Use um protetor solar com fator 40 ou mais ao se expor ao sol. Esse hábito é ainda mais importante para quem tem melasma, pois o fator de risco é a exposição ao sol.

Um chapéu de aba larga pode fazer maravilhas para afastar o pior dos raios de sol do seu rosto. Não use limpadores faciais que ardem, queimam, irritam e pioram a pele com melasma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *